FastLap fecha parceria com clube de vantagens Atlético Paranaense

clube.png

ATLETAS DO SUB-19 CURTIRAM A TARDE NO FASTLAP KART INDOOR, NOVO PARCEIRO DO CLUBE DE VANTAGENS

Jogadores da Formação do Atlético Paranaense participaram de uma atividade diferente na tarde da última quinta-feira (5). No FastLap Kart Indoor, novo parceiro do Clube de Vantagens, vinte jogadores do Sub-19 do Furacão se divertiram e saíram da rotina de treinos e jogos.

Pela primeira vez guiando um kart, o volante Estefano se deu bem. Venceu a sua bateria com uma ultrapassagem na última volta. Ele destacou a iniciativa do Clube e da empresa parceira.

“A experiência foi muito boa, achei bem legal. Nunca tinha andado de kart. Gostei e já quero andar mais vezes”, afirmou. “Foi um momento onde o grupo conseguiu se distrair. Todo mundo brincou e deu risada. Mas também teve o lado da competitividade, pois todos queriam ganhar”, explicou o atleta.

A competitividade foi vivida pelos profissionais que trabalham no FastLap. Nabor Patzsch, sócio proprietário do estabelecimento, exaltou a parceria com o time rubro-negro e a presença dos futuros craques do Furacão.

“Eu acho muito bacana esse incentivo. É a nossa primeira parceria com um clube de futebol. Como também praticamos um esporte, temos muita vontade de ver os outros crescendo e crescermos juntos. Esse tipo de parceria é fundamental para nós”, disse Nabor. “A garotada mostrou ser bastante competitiva. É muito bacana ver isso”, completou.

Para o Sócio Furacão que quiser se divertir andando de kart, a FastLap Kart Indoor oferece 20% de desconto para o Sócio ou para o grupo de amigos que correr na mesma bateria, em qualquer dia da semana e em qualquer horário. Basta agendar o horário e apresentar o Smart Card.

“Era uma área que ainda não tinha ninguém, a de entretenimento de kart. Então, optamos por procurar um parceiro e conseguimos. É mais uma possibilidade de diversão para o Sócio Furacão”, destacou Gustavo Campos, gerente comercial do Atlético Paranaense.

cap1.jpg
cap2.jpg
cap3.jpg
cap4.jpg

Fotos: Fabio Wosniak/Site Oficial

Fast Lap Kart Indoor - 20% de desconto para o Sócio Furacão, mediante apresentação do Smart Card

Endereço: BR-277, km 99, nº 5120 - Orleans

Telefones: (41) 3373-1334 / (41) 99109-1334

E-mail: contato@fastlapkart.com.br

Horário de funcionamento:

- Terça a sexta-feira: das 17h30 às 23h30;

- Sábados: das 14h às 23h;

- Domingo: das 12h às 21h;

- Feriados durante a semana: das 15h às 21h

 

A reprodução das fotos é proibida, salvo prévia autorização por escrito do CAP.

Tido Olmedo é o Campeão do Troféu Fast Lap de Maio

Oracildo Olmedo, o Tido, foi o vencedor do Troféu Fast Lap do mês de maio de 2018, em etapa realizada no último dia 06. Mantido o formato das disputas, com dois pilotos se enfrentando na pista em formato mata X mata, um traçado inédito mais uma vez desafiou a capacidade de adaptação dos finalistas.


Dez foram os melhores ranqueados de maio:
Heitor Preto, Jakteria, Luiz Brambila, Marco Mega, Luciano Borges, Oracildo Olmedo, Anderson Rocha, João Machado, Lucas Brandão e Jean Morosini.

Além do traçado inédito, os karts também estavam com a potência liberada. Foram quatro rodadas possibilitando que em duas delas um dos pilotos voltasse para a disputa pela repescagem, e dois deles chegaram ao pódio.


Com karts fortes e traçado novo, os pilotos foram ao limite e alguns erros acabaram custando um lugar no pódio.


Ao final, o resultado foi este:
1. Oracildo Olmedo
2. Heitor Preto
3.Luiz Brambila
4. Jakteria
5. Andersn Rocha.


Com a vitória Oracildo Olmedo está classificado para a Super Final do Troféu Fast Lap que reunirá os melhores de 2018.
Para participar do Troféu Fast Lap é só marcar seu melhor tempo e ficar entre os 10 mehores do mês, mas lembre-se, o treino é o maior segredo para a vitória.

3º GP Fast Lap foi marcado por disputas e surpresas até a última volta

podio3g.jpg

A terceira edição do GP Fast Lap, prova de longa duração, foi marcada pela determinação de pilotos e muitas surpresas, além de belas disputas na pista. O cansaço que é um desafio à parte, a estratégia, regularidade e rapidez foram os maiores desafios dos pilotos. Ao final, Oracildo Olmedo sagrou-se bicampeão da prova individual.


Para saber quanto demora uma hora, é só perguntar aos pilotos que participaram da prova. Alguns tinham a sensação de que os 60 minutos de corrida não acabariam nunca, como foi o caso do piloto Marco Mega, que chegou a brigar pelas primeiras posições, mas vencido pelo cansaço diminuiu o ritmo e ficou para trás. Outro piloto iniciante, Bruno Margarida, sentiu a dificuldade logo na metade da prova e abandonou a corrida, mas destacou a emoção de participar de provas assim: "É emocionante, a pista e traçado são bem desafiadores, mas o treino é importante para garantir preparo físico e aguentar até o final! Vou me preparar para vir forte nas próximas etapas", disse ele ao final do GP.


E a corrida teve sete pilotos no grid, Oracildo Olmedo, Jakteria, Marco Mega, Anderson Rocha, Bruno Margarida, Vinicius Eduardo e Michel Pim. Oracildo Olmedo conseguiu largar na pole e se manteria até o final, entretanto, nas últimas voltas foi alcançado e quase foi ameaçado por Jakteria, mas conseguiu se manter à frente.


Logo na largada, Marco Mega, Anderson Rocha e Jakteria ganharam os olhos da torcida. Largando em segundo, mas do lado de fora, Marco Mega foi atacado por Anderson Rocha, que largava logo atras, e perdeu a segunda colocação. Nas primeiras voltas Jakteria veio colado neles, mas uma escapada no piso superior deixou ele um pouco distante, mesmo assim era uma ameaça. Com a disputa no pelotão do meio Oracildo abria boa vantagem. Michel Pim e Vinicius Eduardo também disputavam posições volta à volta, mostrando bastante competitividade.


Com uma parada obrigatória pelo regulamento, o primeiro a fazer a troca do kart foi Jakteria, que não conseguia alcançar o pelotão da frente, fez uma excelente parada e voltou com ótimo ritmo de corrida. Antes da primeira parada obrigatória, três pilotos já davam sinais de cansaço: Bruno Margarida, Marco Mega e Anderson Rocha, que já deixava o pescoço cair de lado. E foi o cansaço que obrigou Bruno ao abandono da prova, passado pouco mais da metade da corrida.

Mega perdia ritmo e Anderson Rocha, o Andershow, conseguia ainda manter sua regularidade, 
e as disputas eram intensas. Tentando evitar ser ultrapassado, Michel Pim acabou sendo penalizado pela direção de prova, mas a punição não alteraria o resultado no final da corrida.


Depois de todas as paradas realizadas, Vinicius Eduardo arregaçou as mangas do macacão e indicava cansaço, mas perdia pouco ritmo, mantendo a regularidade. E foi justamente a estratégia de corrida que reposicionou os pilotos, deixando Jakteria na segunda colocação, a apenas uma volta do líder Oracildo, porem na pista eles estavam um atras do outro, e o segundo era mais rápido. Muito regular, Andershow não era ameaçado na terceira posição, enquanto Vinicius Eduardo e Michel Pim vinham nas posições seguintes. 


Na parada alguns pilotos aproveitaram para descansar, e Mega extrapolou o tempo perdendo muitas voltas e ficou de fora do pódio, mesmo sendo por muitas vezes o segundo mais rápido da pista.


E como em prova de longa duração tudo é possível, faltando menos de três minutos para o final, um pneu furado obrigou o líder (Oracildo) da prova a fazer a troca de kart, com isso o segundo colocado (Jakteria) entrou na mesma volta. Ao sair dos boxes, com pneus e kart ainda frios, Oracildo viu Jakteria se aproximar e tentar brigar pela liderança, mas se adaptou rápido ao kart e logo reagiu, evitando a ultrapassagem.


Ao final dos 60 minutos de prova mais uma volta, o resultado ficou assim:

  1. Oracildo Olmedo
  2. Jakteria
  3. Andershow
  4. Vinicius Eduardo
  5. Michel Pim

Com este resultado, Oracildo Olmedo é o atual bicampeão do GP Fast Lap.

AIC recebe segunda etapa do Velocidade no Asfalto

Velocidade no Asfalto

Uma das modalidades mais disputadas dos circuitos do Paraná volta a acelerar no
Autódromo Internacional de Curitiba nos dias 05 e 06 de maio. Serão 3 categorias e o
público tem entrada franca.
Nos dias 05 e 06 de maio o Autódromo Internacional de Curitiba, na cidade de Pinhais,
será palco da segunda etapa do Campeonato Metropolitano de Velocidade no Asfalto.
Esta, que atualmente é uma das categorias mais disputadas do certame, traz mais de
60 carros divididos em 4 categorias: Marcas, Turismo 1600, Turismo 5000 e Turismo
1600 Terra.mm
A programação começa no sábado de manhã, dia 05, com os treinos livres. A tarde
todas as categorias fazem o treino classificatório, que definir a ordem de largada da
primeira corrida.
No domingo, 06, à partir das 08 horas da manhã, o asfalto esquenta com as disputas
de duas provas por categoria. Destaque para o piloto Luizinho Brambila, que mesmo
com uma quebra na primeira etapa, ocupa a sexta colocação na classificação na
categoria Turismo 1600 Terra.
Apesar do nome “Terra”, a categoria também corre no asfalto, mas com os carros de
Velocidade na Terra, que após o fechamento do autódromo de terra, foram absorvidos
pela organização das provas de asfalto, fazendo uma das categorias de maior disputa
do fim de semana.


Programação
Sábado, 05 de maior de 2018
 08:20h – Treinos livres de todas as categorias
 12:00h – Briefing dos pilotos
 14:40h – Treino Classificatório
 16:20h – 1ª Prova Turismo 5000

Domingo, 06 de maio de 2018
 08:20h – Warm up
 09:25h – 1ª Prova Marcas / Turismo
 10:25h – 1ª prova Turismo 1600 Terra
 11:15h – 2ª Prova Turismo 5000
 12:00h – Almoço
 13:00h – 2ª Prova Marcas / Turismo
 14:40h – 2ª Prova Turismo 1600 Terra
 15:30h – Podium

A entrada para o evento é gratuita, inclusive para visitação na área de box. Para a
temporada 2018 Luizinho Brambila conta com a estrutura da SR Competições e
patrocínio de OGK Performance, Guia da Madeira, Fast Lap Kart Indoor, Auto Escola
Chaves, Acrílico Shalon, Vision Line, Seg Sul e Garage 74.

Fernanda Galvão é Campeã do troféu Fast Lap Feminino de março

Mulheres na Pista e uma corrida sem maquiagem!
Troféu Fast Lap Feminino de março teve disputa do começo ao fim
 
Para quem pensa que a beleza feminina aumenta só com maquiagem, jóias, roupas ou salto alto, é porque não conhece uma mulher piloto. Extremamente competitiva e em busca do primeiro lugar transforma uma pista de corrida em local de extrema beleza! É assim uma mulher piloto. E a prova real aconteceu na sexta-feira (20 de abril) na pista de dois andares do Fast Lap Kart Indoor, na final válida pelo mês de março.
Das dez melhores ranqueadas do mês, seis compareceram para a final: Elvira Fogaça, Flávia Gavazzoni, Fernanda Galvão, Mallu Ribeiro, Camila Mega e Andressa Magiolaro. E a beleza das mulheres foi transferida para as duas corridas válidas pelo Troféu Fast Lap, em disputas a cada volta por um lugar no pódio.
A final foi distribuída em duas corridas de 12min30s cada, com ordem da primeira largada pelo ranking do mês. Para a segunda corrida, a largada aconteceu pelo resultado da primeira bateria, porém com inversão de karts. Para cada bateria seria aplicada pontuação de acordo com o lugar de chegada e, ao final, a melhor pontuada seria a campeã.
 
Corrida 01 – batida e quebras
 
A primeira corrida teve um tempero a mais. Além das brigas por posições, aos cinco minutos de corrida uma batida na curva do deck, no segundo andar da pista, provocou uma interrupção da prova e duas trocas de karts. Assim, uma relargada reagrupou as pilotos e aumentou a rivalidade. Elvira Fogaça, que largou na primeira posição e se mantinha na liderança com uma boa vantagem, passou a ser atacada por Flávia Gavazzoni, que também precisava se defender de Fernanda Galvão, que queria a segunda posição. Logo atrás Mallu Ribeiro e Andressa Magiolaro alternavam as posições em uma briga pelo quarto lugar. Camila Mega, com uma grande torcida pelo facebook durante a transmissão, apresentava dificuldades e virava voltas 2 segundos mais alto do que seu tempo de classificação.
Elvira conseguiu se defender bem e abriu vantagem de Flávia e Fernanda, que proporcionaram uma disputa intensa até quase a última volta, quando Fernanda conseguiu a ultrapassagem e assumiu o segundo lugar sem ser mais ameaçada. Assim, Elvira Fogaça garantiu o primeiro lugar, Fernanda Galvão ficou em segundo, Flávia Gavazzoni foi a terceira, Andressa Magiolaro a quarta, Mallu Ribeiro terminou em quinto e Camila Mega na sexta colocação.
 
Corrida 02 – mais batidas e punição
 
Mais competitiva que a primeira, a segunda bateria elevou ainda mais o nível da prova, com disputas emocionantes, batidas, punição e indefinição até os últimos minutos.
Largando na primeira posição, Elvira Fogaça foi atacada já nas primeiras curvas por Fernanda e Flávia, que logo mais se envolveriam em um incidente que modificaria o rumo da corrida.
Com tempos muito rápidos, não havia favorita para a segunda bateria, entretanto, em uma tentativa de defender a posição, Fernanda Galvão fez uma manobra em cima de Flávia Gavazzoni, que resultou em um congestionamento na “curva do cassino”, quando três pilotos ficaram presas: Elvira, Flávia e Fernanda. Com isso, Andressa Magiolaro assumiu a liderança, aproveitou a oportunidade e foi a mais rápida da prova, sem ser ameaçada até o final.
Mallu era a segunda, seguida de Fernanda, Flávia e Camila, enquanto Elvira caiu para a sexta posição.
A manobra de Fernanda resultou em punição de 20s para a piloto, tempo que seria acrescido ao final da prova e que poderia mudar o resultado final.
Na última volta, Flávia Gavazzoni teve um pneu furado e perdeu três posições, terminando em sexto.
Ao ser agitada a bandeira quadriculada a primeira foi Andressa Magiolaro, Fernanda Galvão foi a segunda (antes da aplicação da punição), Mallu Ribeiro a terceira, Camila Mega a quarta, e Elvira Fogaça a quinta colocada.


Somados os pontos e aplicadas a penalizações, o resultado final foi este:
1. Fernanda Galvão
2. Andressa Magiolaro
3. Elvira Fogaça
4. Mallu Ribeiro
5. Flávia Gavazzoni
6. Camila Mega

Campeonatos virtuais em 2018

O Fast Lap Kart Indoor iniciou sua participação em campeonatos virtuais em 2018 pela F1BC, fazendo sua estréia com uma segunda colocação na categoria Touring Classic 2018/1 e um terceiro lugar na categoria Touring Light B 2018/1.m

Além dos campeonatos promovidos pelo Fast Lap Kart Indoor, o kartódromo também conta com uma série de pilotos que defendem a equipe Fast Lap em provas de longa duração, categorias de turismo nacional, campeonatos de kart profissionais e amador, também agora iniciando no virtual em 5 categorias.

Confira nossos pilotos confirmados para a segunda temporada da F1BC e suas categorias:

Formula Light:
Nabor Patzsch #27
Luciano Borges #17
Diego Aristides #5

National Light:
Luiz Brambila #69
Rico Araújo #23
Wevertton Marques #43

Marcas Classic:
Luís Carneiro #02
Fernando Bozza #35
Guilherme Rocha #21

Marcas Light:
Bruno Rocha #37
Tiago Flor #66
Everson Calaes #80

Marcas Pro:
Richard Villaverde #59
Diego Venzon #308
Raphael Souza #12

A Fast Lap Kart Indoor agora conta com a apoio dos patrocinadores:

Colter Fitness, empresa que atua no mercado de esportes e saúde com suas roupas de alta tecnologia; acesse: https://www.colter.com.br/

Mercado da Praça, mercado com boutique de carnes localizado em Curitiba no bairro Campo Comprido; acesse: https://www.facebook.com/mercadodapraca10/

Exito Lab, montagem de palcos e grandes estruturas para eventos, shows de grande porte em São Paulo e cidades próximas, acesse: http://exitolab.com.br/layoutexito/

Venzon FuelTech Tuner, se bate com o acerto do carro? Faça com quem entende do assunto de 50 a 5.000hp, acerto fino de motores é na Venzon, acesse: https://www.facebook.com/VenzonFuelTechTuner/

Fast Lap Kart Indoor
BR 277, nº 5.120 - Orleans (sentido Campo Largo-PR)